O Cineasta americano Joel Schumacher, diretor de diversos filmes como: Dia de Fúria(1993), Batman Eternamente(1995) e 8 mm: Oito Milímetros(199), após um ano de luta contra o câncer, morreu, na segunda-feira, dia 22 de junho, em Nova Iorque aos 80 anos. J. Schumacher teve os seus melhores anos nas décadas de 80 e 90, era um daqueles realizadores pouco queridos da crítica mas que tinha o sentido do funcionamento da indústria cinematográfica e sabia movimentar-se dentro dela, e dos seus gêneros. Aos poucos, ele foi colecionando sucessos, especialmente com filmes direcionados ao público jovem, onde nos anos 1990, tornou-se um dos diretores mais famosos de Hollywood.

A Jerimum Nerd criou uma lista de 5 filmes(sem ordem) que na nossa opinião são os melhores da carreira do diretor Joel Schumacher, trazendo o que de melhor o polêmico diretor possui em sua expressiva filmografia. Os filmes citados abaixo capturam vários dos momentos do diretor em sua carreira, com obras que mesclam ação, suspense, aventura e drama, sempre partindo do pressuposto de trazer obras que deixem algo de produtivo ao espectador durante a sua execução.

Vamos à lista!

  1. Um Dia de Fúria (1993):

Acompanhamos um dia da vida de um homem normal de meia-idade, tendo como fator principal para o desenvolvimento do filme um simples detalhe: o seu rompimento com a realidade e as instâncias básicas da noção de regras e valores sociais. ‘Um Dia de Fúria’ possui uma atmosfera escaldante que contrasta o estado psicológico de seu personagem central, com uma história que questiona determinados fatos do nosso dia a dia. Vale também o destaque para a performance sem igual de Michael Douglas como protagonista, atingindo um dos grandes momentos de sua filmografia.

  1. Tudo Por Amor (1991):

Na trama, uma jovem aceita um trabalho de enfermeira, atendendo um homem que está com câncer em um estágio avançado. Juntos, os dois desenvolvem um forte relacionamento, tendo que enfrentar a figura da doença do homem que deixa tudo mais sofrido. Leve e triste, ‘Tudo Por Amor’ é um filme que consegue trazer elementos pouco aprazíveis da vida de uma forma palatável ao espectador, se valendo muito do talento de Julia Roberts (ainda em fase inicial de sua fabulosa filmografia) para dar peso ao compêndio de cenas e situações.

  1. Por um Fio (2002)

Um homem normal se vê em uma situação extrema quando ele fica sob a mira de um assassino que promete matá-lo se ele desligar o telefone em uma cabine telefônica. Diferente em sua concepção estética, ‘Por um Fio’ é um filme interessante. Sempre fazendo uso de um ritmo frenético, a história pode até ser exagerada em alguns pontos, mas acaba não impactando negativamente o andamento produtivo do filme.

  1.  Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas (1985)

Na trama, vários amigos têm que se adaptar às exigências da vida adulta após a faculdade, com suas rotinas profissionais e privadas se cruzando e propiciando diversas confusões. ‘O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas’ é um bom filme sobre o início da vida adulta encarada pelos olhos de jovens, trabalhando com uma história atraente e sempre dinâmica.

  1. Tempo de Matar (1996)

Um crime racista cruel desencadeia um verdadeiro caos em uma pequena cidade norte-americana, deixando a família atingida pelo ato em uma busca indissociável por vingança. Nutrindo exageros que atrapalham o filme e a sua temática forte, ‘Tempo de Matar’ se notabiliza com um filme fraco quando olhamos para o contexto geral, sendo parcialmente salvo por seu elenco com vários nomes de destaque, como Samuel L. Jackson, Sandra Bullock, Matthew McConaughey, Kevin Spacey, Donald Sutherland e, seu filho, Kiefer Sutherland.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.