“Não somos pessoas más… Mas fizemos uma coisa ruim.” É dessa forma que inicia a série produzida pela Netflix, Bloodline, dos mesmos criadores de “Damages“. Um drama que mostra com muito realismo os acontecimentos de uma família misteriosa. Por isso, se você espera uma série descontraída e fácil de assistir, essa pode não ser uma boa opção, já que é carregada de suspense. O formato não linear de contar história resgata os acontecimentos na infância dos irmãos, mistura cenas do presente e também do futuro, fazendo um recorte que gera ansiedade para saber o que vai ocorrer com cada um dos personagens. O interessante da série é que em um capítulo você vai torcer pra um personagem, mas no episódio seguinte vai querer e muito que ele se dê mal, mostrando as imperfeições humanas e reais vividas pelas pessoas.

O drama familiar tem como pano de fundo a maravilhosa ilha Florida Keys – no sul da Flórida. Tudo começa quando o casal dono de uma pousada – Sally (Sissy Spacek) e Robert Rayburn (Sam Shepard) organizam uma festa para comemorar os 45 anos da propriedade. Entre os convidados estão reunidos os quatro filhos, todos com a personalidade bem definida e distinta: o detetive John (Kyle Chandler), o nervoso Kevin (Norbert Leo Butz), a bem sucedida advogada Meg (Linda Cardellini) e o filho mais velho Danny (Ben Mendelsohn) – conhecido como a ovelha negra da família, que ao retornar depois de anos para a casa, se encontra com o pai com quem vive uma péssima relação e descobre segredos do passado.

Mas Bloodline vai muito além de um drama familiar, em que, para mim, é uma obra necessária para todas as famílias assistirem juntas e observarem o quanto de erros comuns em muitos lares, trazem profundos conflitos. Enfim, Bloodline ensina-nos muitos princípios da vida que quando violados nos seios familiares, como a mentira e enganos, levarão as pessoas a um abismo que chama outro abismo e por aí vai. 

A avaliação da série é muito boa segundo críticos, amantes do cinema e especialistas em filmes e séries de TV; enaltecendo, em especial, o enredo e o elenco da série, pois com personagens densos, os atores têm uma grande carga dramática com boas atuações, além de um lugar lindo e propício para alguns crimes como: tráficos de drogas e pessoas.

Nota: 🎃🎃🎃🎃 Dei valor.

Onde assistir: Netflix.

Sinopse: Os Rayburns são exemplos da comunidade de Florida Keys, mas o passado da família esconde mistérios sombrios. Quando alianças são rompidas e um crime improvável ocorre, paranóia e desconfiança começam a tomar conta da relação familiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.