A nova série, Lupin, estrelada por Omar Sy (Intocáveis), tornou-se a primeira atração francesa a entrar no Top 10 da Netflix nos EUA. Lançada na primeira semana de janeiro, também figurou no Top 10 de vários outros países, inclusive no Brasil, além de liderar em popularidade na França durante seu primeiro fim de semana….Enfim, promete fazer barulho.

Baseada nos romances policiais de Maurice Leblanc, a série acompanha Assane Diop (Omar Sy), um homem que, 25 anos atrás, viu sua vida virar de cabeça para baixo com a morte de seu pai, então acusado injustamente de um crime. Agora, ele está em busca de vingança e, para isso, se inspira em Arsène Lupin, o famoso “ladrão de casaca” da literatura francesa. Conhecido como o “Robin Hood da Belle Époque”, Lupin se tornou um gênio do crime na Paris do início do século 20, e Diop vai seguir seus passos nos dias de hoje.

Na trama, o personagem de Omar Sy (que não se chama Lupin) se inspira no personagem para realizar um grande assalto, utilizando o mesmo talento do original para se disfarçar e mudar de identidade em seus delitos. Cheia de reviravoltas, a atração tem direção de Louis Leterrier, o cineasta do thriller Truque de Mestre – filme que, inclusive, serve de parâmetro para o clima da série. Curiosidade sobre isso é que, na França, Arsene Lupin é um clássico da literatura, digamos que, quase um Sherlock Holmes.

O elenco secundário não tem tanto tempo de tela, mas é um apoio bem interessante para a série e deixa o caminho preparado para Omar brilhar. Aliás, as sacadas tanto de ação quanto dos truques são de tirar o chapéu, o que torna Lupin muito boa, rápida, inteligente e, chegando até ser engraçada. A primeira temporada tem cinco episódios, os quais você, com certeza, acabará vendo todos em sequência.

Onde assistir? Netflix.

Nota: 🎃🎃🎃🎃🎃 Fuderoso.

Sinopse: Baseada nos romances policiais de Maurice Leblanc, Lupin acompanha Assane Diop (Omar Sy), um homem que, 25 anos atrás, viu sua vida virar de cabeça para baixo com a morte de seu pai, então acusado injustamente de um crime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.