O filme A Era do Gelo acontece no início da Era Glacial, há 20 mil anos, e retrata a história de três personagens: uma preguiça engraçada (Sid) que foi abandonada pelo seu bando, que partira para uma outra região longe do frio; um mamute mal-humorado (Manfred) que ficou órfão quando pequeno e um tigre dente de sabre (Diego) de caráter duvidoso que foi incumbido pelo chefe de seu bando a raptar um bebê humano.

A diferença entre os personagens certamente é um dos elementos que tornam o filme tão interessante, suas características principais são respeitadas, mas todos são unidos pelo senso comum de companheirismo e sobrevivência. Embora os protagonistas “se completem”, é impossível não destacar como Sid, dublado por John Leguizamo (e no Brasil por Tadeu Mello) marcou a sua geração. 

As caretas do Sid já rendiam metade da graça do filme, que apresenta ainda situações hilárias, capazes de amolecer o coração do adulto mais chato. Até o esquilo Scrat, que não faz parte da história principal, arranca sorrisos a cada aparição.

A animação dos estúdios Fox, que conta com a co-direção do brasileiro Carlos Saldanha, é diversão garantida para ver e rever, especialmente com as crianças nessa época de Natal.

Onde assistir? Disney+.

Nota: 🎃🎃🎃🎃🎃 Fuderoso!

#jerimumnerd  #filmes #criticadefilmes #resenhadefilmes #hollywood #disneyplus #tbt #filmesclassicos #aeradogelo

Sinopse: Vinte mil anos atrás, num mundo coberto de gelo, o mamute Manfred e a preguiça Sid resgatam um bebê humano órfão. Agora, os dois vão enfrentar muitas aventuras até devolver o filhote de gente à sua tribo, que migrou para um novo acampamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.