Ferida é o mais novo filme da Netflix, que teve a sua estreia quarta-feira, dia 24/11, e que traz uma atuação potente de Halle Berry, que também foi responsável por dirigir o longa em seu primeiro trabalho atrás das câmeras. O filme dos gêneros drama e suspense rodou o circuito de festivais e agora chega para os assinantes da plataforma de streaming no mundo todo.

A história narra a jornada íntima e de pura cura de Jackie Justice(Halle Berry), que é uma lutadora de MMA, com um futuro inteiro à sua frente, e que há 4 anos se encontrava fora das batalhas, e que se sente obrigada a retornar aos ringues quando Manny, seu filho de 6 anos, torna sua responsabilidade ao ter o pai assassinado. Ela não tem medo de enfrentar os diversos problemas do passado, a protagonista encara o desafio de assumir o papel materno e de lutadora como nunca visto.

O filme, escrito por Michelle Rosenfarb é uma mistura de um estudo cuidadoso do personagem e uma enxurrada de fórmulas. Por um lado, Jackie e as diversas lutas que ela enfrenta em sua vida cotidiana e em sua mente. Por outro lado, a história força o personagem a uma trama rotineira e previsível.

A condução das cenas é bem interessante e combina bastante com o gênero dramático, com um jogo de câmera persistente nas expressões dos personagens. A cenografia segue a trama do roteiro, sendo as cenas mais dramáticas em ringue, mesmo com os figurinos sem um grande destaque.

Ferida é uma jornada sensível, dolorosa, íntima e, ao mesmo tempo, ajudou a Halle Berry, que estreou atrás das câmeras com o pé direito, tanto que no Brasil o longa vem sendo o filme mais popular em sua semana de estreia na Netflix, e ficou entre os primeiros lugares no Top 10 dos filmes mais vistos da América.. Vale a pena assistir!

Nota: 🎃🎃🎃🎃 Dei valor.

Onde assistir: Netflix. Sinopse: Depois de passar muito tempo afastada do filho, uma ex-lutadora de MMA decadente recebe sua última chance de voltar aos ringues e recuperar a carreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.