O novo filme do astro Ryan Reynolds (Deadpool) pode ser descrito como uma mistura de Jogador Número 1 com O Show de Truman. A trama gira em torno de Guy, um NPC (personagem não-jogável) dentro de um badalado jogo de videogame com inspiração em jogos violentos como GTA e Free Fire. Acontece que certo dia Guy começa a adquirir consciência e questionar o seu papel naquele universo.

Em busca de respostas, Guy acaba conhecendo, dentro do jogo, uma jogadora que também é uma das desenvolvedoras do game e que está tentando evitar que aquela versão seja substituída por outra, que vai eliminar toda a essência do jogo original, incluindo os simpáticos NPCs que ali vivem.

Assim como em Jogador Número 1 e Detona Ralph, o filme acerta em retratar fielmente o universo e a dinâmica dos games, além de fazer incontáveis referências a jogos famosos e à cultura pop. Reynolds está perfeito no papel do protagonista gentil e ingênuo, o que contrasta com o vilão interpretado por Taika Waititi de forma caricata e exagerada, mesmo sendo um personagem do mundo real.

Free Guy é um eficiente filme baseado no universo dos videogames, apesar de não adaptar um jogo específico. É engraçado, divertido, empolgante e chega a emocionar no final. Deve agradar a todos, mas se você é nerd e gamer, vai aproveitar bem melhor a experiência.

Nota: 🎃🎃🎃🎃Dei valor.

Onde assistir: Disney+

Sinopse: Guy é um personagem não-jogável de um famoso game. Um dia ele adquire consciência e descobre que precisa lutar para evitar que o seu universo seja destruído por uma nova versão do jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *